FINAL DO ANO LETIVO NA PONTA DO ABUNÃ

Resultado de imagem para ramal sem transporte escolar na ponta do abunã]

Imagem ilustrativa

Transporte escolar paralisado na Ponta do Abunã desde o início de novembro e de acordo com as informações da prefeitura de Porto Velho e do governo de Rondônia, não há previsão de retorno.

Neste ano de 2018, esta já é a terceira grande paralisação do transporte escolar, e com a dificuldade, vários alunos dos ramais já desistiram de estudar.

Pela planilha do transporte escolar, cedida pelo Núcleo de Ensino da Ponta do Abunã – NEPA, são 1055 alunos que dependem dos ônibus sendo 418 em Vista Alegre do Abunã, 398 em Extrema de Rondônia e 239 em Nova Califórnia.

Em conversa com os diretores das escolas da Ponta do Abunã, o site Mão Amiga, eles , no geral, resolveram agir para não deixar os alunos no total prejuízo trazendo, os alunos que os pais conseguirem levá-los para a escola, para uma semana de intensivo e para os que não puderem vir, a escola vai preparar material didático para que possa ser entregues e assim poderem concluir o ano letivo de 2018.

Resultado de imagem para idebUm dos diretores comentou sobre o exame IDEB, que mede o desenvolvimento da educação básica será prejudicado, pois vários alunos do transporte escolar que conseguiram retornar às aulas não estão conseguindo acompanhar o conteúdo, e provavelmente o ano de 2019 iniciará sem transporte escolar.

A falta de transporte escolar não é exclusividade da Ponta do Abunã e nem do ano de 2018,esse problema ocorre em todo o município de Porto Velho em vários locais de Rondônia.

Toda a comunidade escolar da Ponta do Abunã espera que as autoridades educacionais do estado e do município  tratem a dodos com a dignidade que merecem.

Jornalista  Donizete  Silva  DRT/RO  1346

Esta entrada foi publicada em GERAL. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Os comentários estão encerrados.