Municipais de Porto Velho conquistam a volta do quinquênio mais revisão salarial e suspendem greve

FONTE: Sintero

Os trabalhadores em educação do município de Porto Velho, reunidos em assembleia no final da tarde desta quinta-feira, decidiram suspender a greve iniciada há uma semana.
A decisão foi tomada após uma audiência conjunta das direções do Sintero e do Sindeprof com o prefeito Hildon Chaves, oportunidade em que a administração municipal apresentou a seguinte proposta: revisão geral salarial de 3,51% em três parcelas (setembro/2017, maio/2018 e setembro/2018); aumento do Auxílio Alimentação, de R$ 280,00 para R$ 300,00; e a revogação da medida que retirou o quinquênio, voltando o benefício na forma anterior.
Desde o início do ano o Sintero e o Sindeprof vêm demonstrando que a retirada do quinquênio foi um equívoco, e que os servidores precisam de valorização.
Durante a audiência o prefeito se comprometeu em enviar até o dia 29/09/2017 um projeto para a Câmara Municipal restabelecendo o quinquênio, que representa 10% de ganho a cada 5 anos trabalhados.
Para a Diretoria da Regional Norte, que conduziu o movimento de greve, o resultado foi positivo.
A presidente do Sindeprof, vereadora Elis Regina, foi uma das líderes na articulação para a realização da audiência e nas negociações com a prefeitura.
Após apresentada a proposta à categoria e aprovada em assembleia, o presidente do Sintero, Manoel Rodrigues, disse que o aumento é pequeno, que a proposta ainda não repõe todas as perdas sendo insuficiente para restabelecer o poder de compra do salário da categoria, mas representa uma vitória para o movimento de greve. Segundo ele, o retorno do quinquênio é uma grande conquista.
“O quinquênio representa a carreira dos servidores municipais. Retirar o quinquênio é acabar com a carreira. Ainda bem que o prefeito reconheceu a importância do benefício e decidiu rever a sua retirada. Está de parabéns a categoria pela luta e pelas conquistas”, disse.
Manoel Rodrigues alertou, no entanto, que a greve está suspensa, e que a categoria vai acompanhar o cumprimento da proposta aprovada, podendo retomar o movimento caso algum item não seja cumprido.

Esta entrada foi publicada em Sem categoria. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Os comentários estão encerrados.